Homicídio choca moradores de Carmo do Paranaíba

Crueldade! Após receber várias ameaças de morte, homem, vítima de furto, é morto em sua própria casa.

Demétrius Braga

Tamanho da letra

Muita revolta. Ontem, quinta-feira (09-01-2014), por volta das 21h50min, a Polícia Militar de Carmo do Paranaíba recebeu uma ligação com informações de que estariam ocorrendo disparos de arma de fogo na Rua Gabriel Cardoso, 460 no bairro Niterói.

 

 

 

 

 

Quando a PM chegou ao local, moradores estavam nas proximidades alarmados com a situação. Ao entrarem no interior da residência apontada, encontraram Amilton Luiz Marques de 34 anos, natural de Lagamar - MG, caído na garagem e  sem vida. Sua esposa, grávida de 5 meses, e a enteada da vítima, estavam em choque.

 

Amilton apresentava diversas perfurações de bala pelo corpo. Segundo a PM constatou que alguns dias os autores dos disparos, juntamente em companhia do menor “M” e de outro indivíduo conhecido apenas por “Bira”, teriam praticado um furto na residência da família. Tal furto teria sido descoberto pelo próprio Amilton.

 

 

Testemunhas também contaram que Amilton procurou os autores para reaver seus bens e que desde então Diego, que namora uma moça de nome Larissa, passou a procura-lo em sua própria casa portando um revólver na cintura para intimidá-lo - sempre acompanhado de um dos autores do furto.

 

Depois, Diego e Larissa, devolveram-lhe parte dos bens furtados, que estavam com Larissa. Segundo informações do Boletim de Ocorrência, desde o furto, os autores juntamente com Larissa, sempre faziam ameaças de morte à vítima. Na noite do homicídio, dois dos autores foram até a residência e acionaram o interfone e quando Amilton abriu o portão foi surpreendido pelos assassinos com as armas em punho, efetuando os disparos. Foram cerca de 8 disparos e quase todos atingiram Amilton que não teve tempo de se proteger.

 

 

Diante dos fatos, a Perícia foi acionada e chegou ao local por volta de 23h40min.
Na residência de um suspeito, foi encontrado um prato e duas colheres com resquícios de substância semelhante a cocaína, e também seis cartuchos intactos e seis deflagrados de espingarda, além de um coldre para revólver, e sortimento para recarga. Todo o material foi apreendido e entregue à delegacia.


.
A Polícia Militar e a Polícia Civil ainda estão realizando rastreamentos no intuito de localizar os autores e apurar os fatos.

 

Fonte: 90ª Cia - B.O. 213 (REDS nº 2014-695669-001)

 

Outras Fotos


 

   

 

 

 


Publicidade


 


 



 



 

 





 

 




 










2011 cponline.com.br Todos os direitos reservados.